O portador de deficiência visual

AO PORTADOR DE DEFICIÊNCIA VISUAL, SEJA CEGUEIRA OU VISÃO SUBNORMAL, DEVE SE OFERECER AJUDA SEMPRE QUE FOR NECESSÁRIO E DESDE QUE ELE CONCORDE COM ISSO.

PARA GUIAR O CIDADÃO NÃO SE DEVE PUXA-LO OU DAR-LHE A MÃO.
RECOMENDA-SE, PORTANTO, OFERECER-LHE O BRAÇO PARA QUE ELE SEGURE ACIMA DO COTOVELO, POSICIONANDO-SE O GUIA MEIO PASSO A FRENTE, EVITANDO ASSIM OS OBSTÁCULOS E PERMITINDO QUE ELE PERCEBA O MOVIMENTO DESENVOLVIDO PELO CORPO DA GUIA. A MEDIDA QUE SE ENCONTRAREM DEGRAUS , MEIOS-FIOS, POSTES, FLOREIRAS, LIXEIRAS E OUTROS OBSTÁCULOS DEVE-SE INFORMAR ANTECIPADAMENTE SOBRE OS MESMOS AO DEFICIENTE VISUAL.

EM PASSAGEM ESTREITA, COLOCAR O BRAÇO PARA TRÁS, DE MODO QUE ELE PERCEBA SEU MOVIMENTO E POSSA SEGUI-LO.

AO DEIXAR A PESSOA NA CALÇADA OU EM PONTO DE ÔNIBUS, DIZ-SE CLARAMENTE UMA PALAVRA DE DESPEDIDA PARA QUE ELA NÃO FIQUE FALANDO SOZINHA;

AO INFORMAR DIREÇÕES, RECOMENDA-SE UTILIZAR PONTOS DE REFERENCIAS CONCRETOS E NÃO VISUAIS, ORIENTANDO SOBRE LOCALIZAÇÕES E DISTÂNCIAS A PARTIR DO REFERENCIAL DO PRÓPRIO INDIVÍDUO;

RUÍDOS MUITOS ALTOS (CARROS, MOTOS, BUZINAS...) PODEM PREJUDICAR A ORIENTAÇÃO DO PORTADOR DE DEFERÊNCIA VISUAL, POIS ELE SE ORIENTA QUASE SEMPRE POR SINAIS AUDITIVOS;

AO LEVA-LO PARA SENTAR-SE NO BANCO DE ÔNIBUS, PODE-SE GUIAR SUA MÃO PARA O ENCOSTO E INFORMAR SE O BANCO TEM TRAÇO OU NÃO;

SEMPRE QUE SE CONDUZ ALGUÉM A ATRAVESSAR UMA RUA, DEVE-SE LEVA-LO EM LINHA RETA, CASO CONTRÁRIO ELE PODERÁ PERDER A DIREÇÃO;

O PORTADOR DE BAIXA VISÃO OU CEGUEIRA NOTURNA DEVE SEMPRE UTILIZAR A BENGALA PARA NÃO CORRER MAIORES RISCOS NO TRÂNSITO;

AS MARCAS NO CHÃO OU OS SINAIS SONOROS PERMITEM AOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA VISUAL ANDAR COM MAIS SEGURANÇA;

O PORTADOR DE DEFICIÊNCIA VISUAL DEVE PROCURAR UM INSTITUTO OU ASSOCIAÇÃO DE CEGOS PARA APRENDER A USAR MELHOR AS DIVERSAS TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO E MOBILIDADE;

OBRIGATORIEDADE: A PESSOA COM DEFICIÊNCIA VISUAL DEVE REPASSAR AO TRANSEUNTE QUE O AUXILIA MOMENTANEAMENTE, BEM COMO A SUA COMUNIDADE (BAIRRO, VIZINHO, ESCOLA ETC...), INFORMAÇÕES CLARAS E PRECISAS SOBRE OS PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS A EXERCER FUNÇÃO DE GUIA VIDENTE.

FONTE DE PESQUISAS LIVROS

Enviar um comentário